ACIB reforça necessidade de doação de sangue em período crítico

Entidade intensifica campanha e pede doação aos bauruenses

Os estoques dos bancos de sangue em Bauru sentiram os efeitos da quarentena e sofreram uma queda drástica. O medo de contaminação pelo coronavírus prejudicou o índice de doações na cidade. No mês de junho, com o início do inverno, esse déficit se torna ainda mais crítico, podendo  prejudicar pacientes que, eventualmente, necessitem de uma transfusão.

Em março, o Banco de Sangue Hemovida, do Hospital Beneficência Portuguesa em Bauru, que também atende o Hospital Unimed, registrou uma queda de 40% no número de doadores, segundo a médica responsável pela Agência Transfusional da Unimed Bauru, Dra. Claudia Assato.

“Os estoques de sangue do Hemovida caíram cerca de 40% no início do isolamento social, em março. Porém, devido à suspensão de cirurgias eletivas e internações, também tivemos uma diminuição proporcional das transfusões. Agora, em junho, com a retomada de outras atividades hospitalares, tem aumentado gradativamente a necessidade transfusional. E isso coincide com início do inverno, período no qual normalmente temos queda no número de doadores”, esclarece Claudia. 

A Associação Comercial e Industrial de Bauru (ACIB) se solidariza com o Banco de Sangue do Hospital Unimed e reforça a necessidade de doação. “Embora o medo do doador seja compreensível nesse momento, é preciso manter a solidariedade acesa e assim continuar ajudando o próximo”, afirmou o economista e Presidente da ACIB, Reinaldo Cafeo. 

Segundo o Presidente, a entidade lança, nos próximos dias, uma campanha para despertar nas empresas a necessidade da doação de sangue. 

Para a Dra. Claudia Assato, a iniciativa da ACIB deve impulsionar o número de doações durante o “Junho Vermelho”, movimento que conscientiza a população sobre a importância da doação de sangue e reforça a necessidade desta iniciativa, responsável por salvar vidas.

“A campanha da ACIB para divulgar a necessidade de doações de sangue neste período é muito importante. Pela abrangência e consciência da instituição, essa ação proporcionará, com certeza, o aumento deste ato de solidariedade nesse momento tão crítico”, ressaltou a médica. 

Segurança em tempos de Covid-19

Para reforçar a prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19), o Hemovida de Bauru atualizou os critérios de doação de sangue,  conforme as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde, explica a Dra. Claudia Assato.

Segundo a médica, a unidade vem investindo em cuidados redobrados para assegurar a prevenção da Covid-19 e garantir a segurança dos doadores de sangue. O Hemovida providenciou um local de doação no hall de entrada do Hospital Beneficência Portuguesa (acesso pela Rua Gustavo Maciel, quadra 15), de forma que os doadores não circulem pelas dependências do hospital.

Para evitar aglomerações, é possível realizar o agendamento de horário pelos telefones (14) 3223-6933 ou 3208-4561. Além disso, todos os funcionários e doadores devem utilizar máscaras e  manter o distanciamento mínimo de 1 metro e meio entre as pessoas. Além disso, há uma distância segura entre as cadeiras de coleta, além da disponibilização de álcool em gel para os doadores.

Quem pode doar

Para doar sangue, é necessário ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam do consentimento dos pais), estar em bom estado de saúde e pesar no mínimo 50 quilos. Também é preciso apresentar documento com foto no momento da doação. 

Pessoas que apresentarem febre, tosse seca ou falta de ar e que tiveram contato com pacientes suspeitos ou confirmados de coronavírus, em um período inferior à 30 dias, são consideradas inaptas e devem aguardar mais 30 dias para fazer a doação. 

Onde fazer a doação de sangue

As doações de sangue podem ser feitas com ou sem agendamento no Hemovida, localizado dentro do Hospital Beneficência Portuguesa (entrada na Rua Gustavo Maciel, quadra 15), de segunda à sexta, das 7h às 12h, e das 13h30 às 16h. Os agendamentos devem ser feitos pelos telefones (14) 3223-6933 ou 3208-4561.

Foto: Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *