ACIB passa a utilizar energia solar fotovoltaica em sua sede

Energia fotovoltaica

A Associação Comercial e Industrial de Bauru – ACIB, comemorando 89 anos de fundação, dá um exemplo de sustentabilidade com um importante investimento na instalação de placas para geração de energia solar no prédio histórico, localizado no centro da cidade, onde está instalada a sede da entidade.

Segundo o presidente da ACIB, economista Reinaldo Cafeo, a iniciativa é um brinde aos associados e à comunidade bauruense no mês de aniversário da entidade, que completou quase nove décadas de funcionamento em Bauru no último agosto.

O sistema de luz própria instalado na ACIB é o de geração de energia fotovoltaica, no qual a luminosidade emitida pelo sol é convertida em energia elétrica. Tal sistema é capaz de gerar energia limpa e renovável, contribuindo com a preservação do meio ambiente.

“A ACIB, sempre atenta à inovação e também do ponto de vista de sua sustentabilidade, vem desenvolvendo uma série de ações, no caminho da inovação, e assim optou por ter a sustentação da sua geração de energia. Dessa forma, a entidade passa a ter agora um prédio sustentável, com um sistema fotovoltaico. Com isso, a Associação contribui com o meio ambiente e, claro, também preserva o próprio patrimônio da entidade e de seus associados”. afirma o presidente.

🌐 www.acib.org.br

Vendas on-line serão destaque no Dia dos Pais, estima ACIB

Dia dos Pais

Levantamento realizado pela Associação Comercial e Industrial de Bauru – ACIB, e divulgado esta semana aponta que, devido à pandemia do novo coronavírus, a intenção de compra dos consumidores bauruenses este ano é de 65% no Dia dos Pais.

Por outro lado, a amostragem revelou crescimento nas compras on-line, se comparado à mesma data comemorativa do ano passado.

Segundo o presidente da ACIB e coordenador da pesquisa, economista Reinaldo Cafeo, foi detectado um crescimento da ordem de 135% sobre o ano passado na modalidade on-line.

A sondagem apontou ainda que os consumidores devem gastar, em média, R$ 142,00 com presentes, sendo vestuários e calçados os itens preferidos, com projeção da ordem de 40%, seguidos por acessórios (15%), perfumes e cosméticos (13%). Serão presenteados os pais, maridos e sogros na data.

“Dentro da realidade financeira atual dos consumidores, em função da perda de emprego e achatamento de renda, as vendas nos Dias dos Pais neste ano serão menores do que o ano passado, contudo, a pesquisa aponta sinal de melhoria considerando a base atual”, afirma Cafeo.

🌐 www.acib.org.br

ACIB comemora 89 anos investindo em inovação

ACIB faz 89 anos

A Associação Comercial e Industrial de Bauru – ACIB, completa hoje 89 anos de existência. Fundada em 1931, a entidade tem um histórico de representatividade junto ao empresariado bauruense, o que contribuiu para aumentar sua visibilidade junto à classe que representa.

Segundo o presidente da ACIB, economista Reinaldo Cafeo, durante essa longa trajetória, a entidade sempre visou o crescimento de seus associados, bem como de toda a comunidade.

Para tanto, a ACIB tem investido ao longo dos anos em ações importantes para auxiliar e defender os interesses da classe empresarial, como também vem inovando e implantando novos serviços e ferramentas com o objetivo de melhorar o dia a dia dos associados.

 “Evidentemente que ao longo de todo esse tempo foram inúmeros os desafios, mas a ACIB, sempre dentro de uma postura ética e com atuação não somente de presidentes, mas também de diretores que trabalharam de forma espontânea, gratuita, sempre dedicando seu conhecimento ao associativismo, a ACIB chega nessa idade representativa. Mais que isso, a entidade tem a coragem de inovar. Tanto que nesta gestão trabalhamos na questão da inovação de uma maneira muito forte, passando para o digital, como se há um ano e meio uma luz viesse para entender esse momento de pandemia que estamos vivenciando agora”, frisa Cafeo.

Um dos projetos de destaques lançados pela ACIB no ano passado é o ACIB Digital, que engloba uma série de iniciativas online com o objetivo de promover o desenvolvimento empresarial dos associados da entidade, oferecendo desde uma base em gestão financeira até a inserção de seus negócios no ambiente digital.

Nesse sentido, foi implantada a plataforma COMPREEMBAURU.COM, cuja finalidade é colaborar com os comerciantes e demais setores do comércio local nas vendas, principalmente por causa das restrições causadas em razão da pandemia do novo coronavírus.

Ainda dentro do projeto ACIB Digital, a entidade formalizou parcerias com consultores empresariais da região para oferecer sessões de Mentorias Gratuitas online para todos os empresários da Bauru que precisam de apoio neste momento de enfrentamento da crise.

“É óbvio que o desafio como entidade não são poucos. Nós temos que manter o associativismo, a representatividade, mas também precisamos prestar serviços. Nosso intuito tem sido ao longo desses anos sempre entregar algum valor para que cada centavo que o associado dispenda ele sinta que está recebendo de volta”, salienta o presidente da entidade.

Este ano, em razão da pandemia do novo coronavírus, a ACIB não irá realizar a tradicional cerimônia para comemorar o aniversário da entidade. Mesmo assim, Cafeo afirma que a data é de celebração e anuncia que, no próximo ano, a festa será ainda mais significativa e maior.

“Apesar do período difícil que todos atravessam por conta da pandemia, é momento de comemorar. Lamentamos não poder exercer isso de maneira presencial e na magnitude que a nossa entidade se coloca, mas vale a pena esperar. No ano que vem teremos a edição número 50 dos Destaques do Ano no mesmo mês do aniversário de nossa entidade. Portanto, estamos agora preparando tudo para os 90 anos. Muito a agradecer a todos que participaram do desenvolvimento da ACIB e principalmente aos nossos associados, razão de ser de nossa entidade”, finaliza Cafeo.

🌐 www.acib.org.br

Prefeitura de Bauru publica novo decreto para funcionamento do comércio

Prefeitura de Bauru publica novo decreto para funcionamento do comércio

O Prefeito de Bauru, Clodoaldo Gazzetta, sancionou nesta terça-feira, dia 21, novo Decreto Municipal, em consonância com o Plano São Paulo e o Pacto Regional, com as novas regras de abertura e horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais, shoppings e serviços, que agora retornam à fase laranja com restrições.

Com base neste contexto, a ACIB entende que esse não é o melhor caminho para contemplar as atividades econômicas de nossa cidade. A Entidade considera que a Lei do Comércio (n.º 7.354/2020), que flexibilizou desde o dia 9 de julho as regras para a abertura de estabelecimentos comerciais na cidade, vinha não só atendendo as expectativas de funcionamento do comércio local, mas também as questões sanitárias e de saúde do município.

Para o presidente da ACIB, economista Reinaldo Cafeo, a retomada da Fase Laranja irá inviabilizar as atividades econômicas na cidade, prejudicando de forma concreta o comércio local e colocando em risco o emprego de milhares de pessoas no município.  

Veja, a seguir, como fica o funcionamento do comércio de rua, shoppings com praça de alimentação e serviços como academias, bares, restaurantes, salões de beleza, a partir de agora:

Bares, restaurantes e similares: proibida a abertura para consumo no local. Autorizado funcionamento apenas por delivery, drive-thru ou retirada no balcão.

Salões de beleza e barbearias: Devem permanecer de porta fechada, mas podem atender com hora marcada, um cliente por profissional, sem espera, com capacidade máxima de 20% do autorizado pelos bombeiros e com distanciamento.

Academias e centros de ginástica: proibida a abertura. Atividades físicas individuais ao ar livre, porém, estão liberadas na cidade.

Eventos e atividades que geram aglomeração também estão proibidos.

Clubes: somente atividades ao ar livre e sem contato.

Comércio de rua e serviços

Capacidade limitada a 20%. Funcionamento de 6 horas por dia, de quarta-feira até sábado.

Shoppings

Capacidade limitada a 20%.Funcionamento de 6 horas por dia, de quarta-feira até sábado. As praças de alimentação estão proibidas

* o período ainda será definido

Outras regras que continuam

Celebrações religiosas: as igrejas com até 200 assentos podem funcionar com até 40% da capacidade. As que possuem capacidade superior a esta devem funcionar com 20% do limite.

Segue proibida a comercialização de bebidas alcoólicas das 23h às 5h, em qualquer formato de venda, e continua vedado o consumo de bebida alcoólica em espaços públicos, em qualquer horário e dia da semana.

Atividades físicas ao ar livre estão permitidas, mas apenas as individuais e sem compartilhamento de aparelhos.

Aulas particulares, como as de idioma e música, podem acontecer com até dez alunos ou 20% da capacidade das salas.

Festas com mais de 10 pessoas ou com a comercialização de bebidas e alimentos também seguem proibidas, sujeitas à multa.

Comércio de Bauru abre amanhã

Comércio de Bauru

O comércio de Bauru abre as portas amanhã, sábado, dia 10 de julho. Confira as normas de funcionamento que devem ser respeitadas, de acordo com o Sincomércio:

NORMAS PARA O FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO EM GERAL EM BAURU

Nos estabelecimentos considerados não essenciais pelo Decreto Municipal, aplica-se a nova Lei e não o decreto nº 14.862 de 27/06/20.

COMÉRCIO DE RUA:
1 – Horário de atendimento: das 10hs às 16hs, inclusive sábados e domingos.
2 – Instalação de box de 1,5m x 1,5m na entrada da loja, com barreira física para o acesso de um cliente por vez em cada box, não podendo entrar no interior da loja. (Amanhã enviaremos modelos de boxes).
3 – Intercalação de vagas no estacionamento da loja, se houver.
4 – Inclusão de placas indicativas com o limite de atendimento simultâneo ao público nas lojas (um cliente para cada 12,5m²). (Baixe o modelo: http://www.sincomerciobauru.com.br/downloads/cartaz-limite-de-acesso.pdf).
5 – Controle de entrada de clientes com máscara e organização de eventuais filas.
6 – Disponibilização de álcool gel ao público.
7 – Aferição da temperatura de todos os colaboradores na entrada e na saída, obrigatoriamente para empresas com mais de 50 funcionários.
8 – Utilização obrigatória de máscaras pelos funcionários e clientes.
9 – Afastamento imediato do colaborador, se constatado qualquer sintoma.
10 – Alerta para inconveniência da presença de crianças e idosos. (Baixe o modelo: http://www.sincomerciobauru.com.br/downloads/cartaz-criancas-e-idosos.pdf).
11 – Ficam suspensos atividades promocionais que possam causar aglomerações.

COMÉRCIO DE SHOPPING:
As regras especificas serão enviadas diretamente para os lojistas do shopping.

ESTABELECIMENTO CONSIDERADOS ESSENCIAIS PELO DECRETO MUNICIPAL:
SUPERMERCADOS, MERCEARIAS, LOJAS DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS (chocolates, etc), PRODUTOS VETERINÁRIOS, INSUMOS AGRÍCOLAS, AUTOPEÇAS, EQUIPAMENTO MÉDICOS, PRODUTOS DE LIMPEZA, ÓTICAS E MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO.
Nestes estabelecimentos aplicam-se as regras constantes do decreto n° 14.862 de 27/06/20, exatamente como era anteriormente e não a nova Lei.

OBSERVAÇÕES GERAIS:
1 – Poderá ser efetuada a prova de calçados e roupas, dentro de um bom senso, no interior dos boxes, com a colocação de uma cadeira ou banco para essa finalidade.
2 – Os fiscais somente poderão exigir o que consta expressamente na Lei ou no Decreto, se for o caso.
3 – Se receber a visita de um fiscal, exija a apresentação da sua credencial e anote seu nome antes de prestar qualquer informação.
4 – Se houver qualquer abuso de autoridade por parte do fiscal, entre imediatamente em contato com o Sincomércio (tel: 3223-9499/ cel: 99652-8751) para que sejam tomadas as medidas cabíveis.
5 – Se, como se espera, a abertura se der no sábado, ainda depende da publicação da Lei no Diário Oficial, o Sincomércio estará aberto neste dia, das 09hs às 18hs com o seu departamento jurídico em regime de plantão.

ACIB realiza sondagem de indicadores econômicos durante a pandemia

ACIB FARÁ SONDAGEM DOS INDICADORES ECONOMICOS DURANTE A PANDEMIA

A Associação Comercial e Industrial de Bauru – ACIB, começou nesta semana a realizar uma sondagem nos indicadores econômicos para saber como a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) tem afetado o comércio, os serviços e as atividades empresariais em Bauru.

Com base em dados a entidade e a sociedade poderão entender melhor como esse período de isolamento social, que se estende desde o mês de março, tem impactado o setor econômico e financeiro na cidade.

A sondagem será comandada pelo presidente da ACIB, economista Reinaldo Cafeo. Segundo ele, a partir dos dados levantados na pesquisa será possível traçar um mapa mais real do que vem acontecendo no município, o que irá contribuir para as tomadas de decisões relacionadas as atividades econômicas.

“A ACIB não tem poupado esforços para que esse momento tenha o menor impacto no setor econômico da cidade. Vale ressaltar que a entidade continua em defesa dos associados e da classe empresarial, investindo em medidas e estratégias que podem ser adotadas para minimizar o impacto que a pandemia tem causado na economia local, sem descuidar do aspecto da saúde física das pessoas”, afirmou Cafeo.

ACIB reforça necessidade de doação de sangue em período crítico

Entidade intensifica campanha e pede doação aos bauruenses

Os estoques dos bancos de sangue em Bauru sentiram os efeitos da quarentena e sofreram uma queda drástica. O medo de contaminação pelo coronavírus prejudicou o índice de doações na cidade. No mês de junho, com o início do inverno, esse déficit se torna ainda mais crítico, podendo  prejudicar pacientes que, eventualmente, necessitem de uma transfusão.

Em março, o Banco de Sangue Hemovida, do Hospital Beneficência Portuguesa em Bauru, que também atende o Hospital Unimed, registrou uma queda de 40% no número de doadores, segundo a médica responsável pela Agência Transfusional da Unimed Bauru, Dra. Claudia Assato.

“Os estoques de sangue do Hemovida caíram cerca de 40% no início do isolamento social, em março. Porém, devido à suspensão de cirurgias eletivas e internações, também tivemos uma diminuição proporcional das transfusões. Agora, em junho, com a retomada de outras atividades hospitalares, tem aumentado gradativamente a necessidade transfusional. E isso coincide com início do inverno, período no qual normalmente temos queda no número de doadores”, esclarece Claudia. 

A Associação Comercial e Industrial de Bauru (ACIB) se solidariza com o Banco de Sangue do Hospital Unimed e reforça a necessidade de doação. “Embora o medo do doador seja compreensível nesse momento, é preciso manter a solidariedade acesa e assim continuar ajudando o próximo”, afirmou o economista e Presidente da ACIB, Reinaldo Cafeo. 

Segundo o Presidente, a entidade lança, nos próximos dias, uma campanha para despertar nas empresas a necessidade da doação de sangue. 

Para a Dra. Claudia Assato, a iniciativa da ACIB deve impulsionar o número de doações durante o “Junho Vermelho”, movimento que conscientiza a população sobre a importância da doação de sangue e reforça a necessidade desta iniciativa, responsável por salvar vidas.

“A campanha da ACIB para divulgar a necessidade de doações de sangue neste período é muito importante. Pela abrangência e consciência da instituição, essa ação proporcionará, com certeza, o aumento deste ato de solidariedade nesse momento tão crítico”, ressaltou a médica. 

Segurança em tempos de Covid-19

Para reforçar a prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19), o Hemovida de Bauru atualizou os critérios de doação de sangue,  conforme as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde, explica a Dra. Claudia Assato.

Segundo a médica, a unidade vem investindo em cuidados redobrados para assegurar a prevenção da Covid-19 e garantir a segurança dos doadores de sangue. O Hemovida providenciou um local de doação no hall de entrada do Hospital Beneficência Portuguesa (acesso pela Rua Gustavo Maciel, quadra 15), de forma que os doadores não circulem pelas dependências do hospital.

Para evitar aglomerações, é possível realizar o agendamento de horário pelos telefones (14) 3223-6933 ou 3208-4561. Além disso, todos os funcionários e doadores devem utilizar máscaras e  manter o distanciamento mínimo de 1 metro e meio entre as pessoas. Além disso, há uma distância segura entre as cadeiras de coleta, além da disponibilização de álcool em gel para os doadores.

Quem pode doar

Para doar sangue, é necessário ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam do consentimento dos pais), estar em bom estado de saúde e pesar no mínimo 50 quilos. Também é preciso apresentar documento com foto no momento da doação. 

Pessoas que apresentarem febre, tosse seca ou falta de ar e que tiveram contato com pacientes suspeitos ou confirmados de coronavírus, em um período inferior à 30 dias, são consideradas inaptas e devem aguardar mais 30 dias para fazer a doação. 

Onde fazer a doação de sangue

As doações de sangue podem ser feitas com ou sem agendamento no Hemovida, localizado dentro do Hospital Beneficência Portuguesa (entrada na Rua Gustavo Maciel, quadra 15), de segunda à sexta, das 7h às 12h, e das 13h30 às 16h. Os agendamentos devem ser feitos pelos telefones (14) 3223-6933 ou 3208-4561.

Foto: Freepik

Nota de repúdio

Repúdio

A Associação Comercial e Industrial de Bauru – ACIB – repudia o tratamento que o Governo Estadual vem dando a questão da retomada das atividades empresariais na região de Bauru.

A nossa cidade foi uma das primeiras do estado a elaborar um Plano Consciente de Retomada, inclusive à frente de São Paulo, através de entidades representativas, a qual a ACIB faz parte.

Reiniciamos as atividades comerciais com todos os cuidados sanitários exigidos por Lei. Muitos empresários, com extrema dificuldade, adquiriram estoques, inclusive perecíveis, no caso de bares e restaurantes.

Agora, com a determinação do Governo Estadual de retroceder Bauru da Fase 3 para a Fase 2 do seu plano de retomada, existe a possibilidade da redução da já pequena jornada de funcionamento de alguns setores e fechamento de outros, cuja permissão para funcionamento foi dada há menos de 10 dias.

Acreditamos que, se nossa cidade seguir o Plano Estadual, o que vamos assistir é a super aglomeração no primeiro caso e uma maior quebradeira do segundo (bares, restaurantes, salões de beleza).

A ACIB reafirma, como fez desde o primeiro momento, que a saúde e a vida sempre vêm em primeiro lugar. Mas entende que o setor privado vem há cerca de 3 meses dando, a duras penas, a sua contribuição.

Sabemos que os municípios da região administrativa de Bauru estão sob o Pacto Regional, implantado em nossa cidade por Decreto Municipal e em vigor até segunda-feira, dia 15.

O Decreto possibilitou a flexibilização atendendo as nossas realidades regionais e pelo que entende a ACIB, funcionou muito bem até o momento.

Dentro do exposto, a entidade, em defesa da saúde, da manutenção dos empregos e das empresas, clama ao Prefeito de Bauru, Clodoaldo Gazzetta, que promulgue um novo Decreto Municipal e dê continuidade ao plano de retomada gradual da economia da nossa região.

A ACIB continua atenta e realizando dezenas de ações em prol do setor do comércio e prestação de serviços de Bauru.

BAURU, 11 DE JUNHO DE 2020

Associação Comercial e Industrial de Bauru – ACIB

🌐 www.acib.org.brhttp://www.acib.org.br

Entidades protocolam pedido para que a Prefeitura analise com urgência a implantação do Plano Estratégico para o Comércio de Bauru

Plano Estratégico

Com o objetivo de colaborar com a abertura gradual de alguns setores do comércio e de serviço da cidade, seis entidades de classe protocolaram na Prefeitura Municipal de Bauru na tarde desta terça – feira, dia 12 de maio,  um pedido para que o prefeito Clodoaldo Armando Gazzetta (PSDB) análise, urgentemente, a implantação do Plano Estratégico para o Comércio de Bauru, encaminhada na última semana (07 de maio, quinta – feira) pelo Sindicato do Comércio Varejista de Bauru – Sincomércio –  para a retomada segura das atividades na cidade.

A solicitação para a análise urgente por parte do município foi assinado pela Associação Comercial e Industrial de Bauru – ACIB, Câmara de Dirigentes Lojistas de Bauru-CDL, Sindicato de Hotéis Restaurantes, Bares e Similares de Bauru, Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de Bauru e Região – SINDBRU, Associação dos Revendedores de Combustíveis de Bauru e Região e Sindicato dos Contabilistas de Bauru e Região – SINDCON.

Segundo o presidente da ACIB, economista Reinaldo Cafeo, as entidades defendem, com observância ao Plano Estratégico para o Comércio de Bauru, procedimentos seguros tanto para os trabalhadores, como consumidores e empresários.

“Apoiamos a abertura de empresas, planejadamente, com os cuidados de quem entende que a questão da vida é prioridade, mas que a retomada econômica é necessária. Nada que foi pensado foi por acaso e as empresas têm consciência que o rigor sanitário é fundamental para que retomem, mesmo que parcialmente, com suas atividades”, argumentou Cafeo.

No pedido, protocolado hoje, as entidades solicitam que o prefeito municipal se manifeste de forma “escrita e fundamentada, referente ao acolhimento ou não da posposta encaminhada”.

🌐 www.acib.org.br